Os atributos de Deus

Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis; porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças, mas os seus pensamentos tornaram-se fúteis e o coração insensato deles obscureceu-se.
Romanos 1:20-21

Esse texto do apóstolo Paulo causa muito temor devido a expressão indesculpáveis. Paulo deixa claro que somos indesculpáveis ao olhar para os atributos de Deus e não lhe render graças. Mas, o que seria esses atributos que o apóstolo fala? Atributos são as qualidades pertencentes à natureza de Deus, qualidades que nos são reveladas na Bíblia.

Quais são os atributos de Deus?

Podemos dividir os atributos de Deus em duas classes:

1 – Atributos naturais ou incomunicáveis – são aqueles que envolvem a essência de Deus e, por isso, são exclusivos dEle como: eternidade, onipotência, onipresença, onisciência, imutabilidade, soberania, infinitude e etc.

2 – Atributos morais ou comunicáveis – são aqueles que revelam a sua vontade para a humanidade, são qualidade do caráter de Deus que ele compartilha com os homens, como: santidade, justiça, bondade, benignidade, verdade, misericórdia, o amor e etc.

A diferença das duas classes é que a primeira por não ser um atributo comunicável, ou seja, ele não compartilha as qualidades a nenhum ser criado, torna Deus um ser supremo. Já a segunda, por ser um atributo comunicável ao seres criados, nos tornam responsável por representá-lo através desses atributos. Somos criados a imagem e semelhança de Deus, e por isso, devemos demonstrar os atributos comunicáveis dEle para as pessoas ao nosso redor.

A Bíblia tem vários versículos que falam sobre os atributos comunicáveis de Deus e nos exorta a sermos como Ele é:

1 – Santidade – “Pois está escrito: Sejam santos, porque eu sou santo.” 1 Pedro 1:16

2 – Amor – “Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.” 1 João 4:8

3 – Sabedoria – “Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida.” Tiago 1:5

4 – Bondade – “Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo.” Efésios 4:32

5 – Misericórdia – “Sejam misericordiosos, assim como o Pai de vocês é misericordioso.” Lucas 6:36

6 – Justiça – “Ao contrário, é preciso que ele seja hospitaleiro, amigo do bem, sensato, justo, consagrado, tenha domínio próprio.” Tito 1:8

7 – Paciência – “Exortamos vocês, irmãos, a que advirtam os ociosos , confortem os desanimados, auxiliem os fracos, sejam pacientes para com todos.” 1 Tessalonicenses 5:14

Conclusão

Poderíamos citar aqui centenas de atributos comunicáveis de Deus, mas quero finalizar somente com estes, para entendermos que ao sermos chamados de imagem e semelhança de Deus, temos a responsabilidade de apresentar as pessoas ao nosso redor, as características que Deus confiou a nós para que o seu nome seja engradecido e glorificado. Fomos criado para sermos sal e luz da terra, para resplandecermos o caráter de Deus, e as pessoas ao olharem para nós, renda-se ao Único Senhor de nossas vidas.

Compartilhe este conteúdo em suas redes sócias:
Imagem padrão
Sérgio Luiz

Apaixonado por teologia e pela bíblia. Pós-graduado em Estudos Bíblicos do Novo Testamento pela universidade Unicesumar. Coordenador e professor da rede de ensino de sua igreja local.

Artigos: 126