O que significa pecado?

Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Romanos 6:23

Falam muito sobre o pecado na igreja, mas pouco se explicam sobre o seu significado e suas consequências na vida do cristão. A palavra pecado vem do termo hamartia e significa errar ao alvo. Esse termo era muito utilizado em competições de arco e flecha. Quando havia um arqueiro, ele tinha um alvo a ser acertado, quando ele errava o alvo, cometia-se uma hamartia, ou seja, cometia-se um pecado. O pecado na vida cristã possui esse significado, é errar um alvo. Mas, qual o alvo devemos buscar? Buscamos aquilo que está na Palavra de Deus. Quando estamos indo na contramão da Palavra de Deus e fazendo algo que ela condena, estamos pecando, ou errando o alvo. Esse errar o alvo ou pecado não deve ser algo intencional, afinal, ninguém buscar errar de propósito. É algo que ocorre enquanto tenta-se acertar o alvo. É mais parecido com um tropeço, ninguém quer tropeçar e cair, mas às vezes acontece, seja por um deslize e/ou por falta de atenção. O pecado precisa ser algo assim, que raramente vai acontecer, e quando ocorrer, iremos tomar mais precaução e ficarmos mais atento.

É Fato que a Bíblia afirma que todos pecaram (Romanos 3:23) e que se afirmamos que não temos cometido pecado, somos mentirosos (1 João 1:8), mas o pecado não deve ser algo comum na vida do cristão, deve ser acidental e sempre acompanhado de arrependimento.

As consequências do pecado:

Agora que já entendemos o significado do pecado, iremos falar sobre as consequências dele:

1 – O pecado gera a morte: Então esse desejo, tendo concebido, dá à luz o pecado, e o pecado, após ser consumado, gera a morte. (Tiago 1:15)

2 – O pecado nos afasta de Deus: Não há distinção, 23pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus. (Romanos 3:23)

3 – O pecado é obra do Diabo: Aquele que pratica o pecado é do Diabo, porque o Diabo vem pecando desde o princípio. Para isso o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo. (1 João 3:8)

4 – O pecado nos torna escravo: Jesus respondeu: “Digo a vocês a verdade: Todo aquele que vive pecando é escravo do pecado. (João 8:34)

O que fazer depois de ter pecado:

Vimos sobre o significado do pecado e suas consequências, agora falaremos sobre o que fazer depois de ter pecado. Primeiramente, devemos entender que o pecado fere os princípios que Deus deixou para nós (Salmos 51:4), como Deus é Santo, devemos buscar também essa santidade. Depois precisamos entender que somente Deus pode nos perdoar e nos purificar de todo pecado: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.” (1 João 1:9)
Por último, precisamos entender, que alguns pecados não bastam apenas confessar eles a Deus para sermos perdoados, mas devemos confessar a um irmão de nossa confiança para recebermos a cura: “Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados.” (Tiago 5:16)

Outras formas de pecarmos:

O pecado não tem somente a ver com uma ação, mas também com uma omissão: “Portanto, pensem nisto: Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz comete pecado.” (Tiago 4:17)

Conclusão:

O pecado não é apenas uma quebra do mandamento de Deus, não é apenas um erro de cálculo, mas é algo que fere os princípios que Deus tem para nós. Somos feitos a imagem e semelhança dEle, e por isso, devemos buscar viver como Cristo viveu. Uma vida santa, honrosa e de obediência aos seus mandamentos. Devemos viver assim como o apóstolo Paulo nos ensinou em sua carta aos Tessalônicos: “A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa, não dominado pela paixão de desejos desenfreados, como os pagãos que desconhecem a Deus. Neste assunto, ninguém prejudique seu irmão nem dele se aproveite. O Senhor castigará todas essas práticas, como já dissemos e asseguramos. Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade.” 1 Tessalonicenses 4:3-7

Compartilhe este conteúdo em suas redes sócias:
Imagem padrão
Sérgio Luiz

Apaixonado por teologia e pela bíblia. Pós-graduado em Estudos Bíblicos do Novo Testamento pela universidade Unicesumar. Coordenador e professor da rede de ensino de sua igreja local.

Artigos: 126