O que significa Reconciliação?

Se quando éramos inimigos de Deus fomos reconciliados com ele mediante a morte de seu Filho, quanto mais agora, tendo sido reconciliados, seremos salvos por sua vida!
Romanos 5:10

Pois ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um e destruiu a barreira, o muro de inimizade, anulando em seu corpo a Lei dos mandamentos expressa em ordenanças. O objetivo dele era criar em si mesmo, dos dois, um novo homem, fazendo a paz, e reconciliar com Deus os dois em um corpo, por meio da cruz, pela qual ele destruiu a inimizade.
Efésios 2:14-16

Em ambos os textos acima, vemos um verbo ou ramificação dele sendo repetida: reconciliar. Mas, o que seria essa reconciliação que tanto o apóstolo Paulo fala em seus escritos?

Reconciliação no dicionário significa ato ou efeito de reconciliar; restabelecimento das boas relações com quem se estava brigado. Já na bíblia reconciliação é o ato voluntário que Deus, através de Jesus, nos reconcilia consigo mesmo e, com isso, nos torna também reconciliáveis com todos os seres humanos. Deus se torna favorável a nós, apesar da nossa inimizade contra Ele. A ira de Deus contra o homem é desviada para Ele mesmo, o qual Ele se sacrifica pelo homem para trazer a humanidade “inimiga” de volta à paz com Ele.

Quando a humanidade caiu através do pecado de Adão e Eva, o nosso relacionamento com Deus foi quebrado, perdemos a paz com Ele. Por isso, Adão e Eva enxergaram a sua nudez e fugiram da presença de Deus. A única forma de restaurar esse relacionamento e voltarmos a ter paz com Deus é através do sacrifício de Jesus Cristo. O sacrifício de Jesus não apenas nos traz redenção, justificação e santificação como vimos nos artigos anteriores, como nos traz reconciliação, ou seja, restabelece o nosso relacionamento com o Pai, nos fornece a paz que anteriormente foi quebrada.

Essa reconciliação que recebemos mediante o sacrifício de Cristo, não é apenas para cruzarmos os nossos braços e esperarmos a salvação, mas conforme diz o apóstolo Paulo, para compartilharmos desta mensagem maravilhosa para outras pessoas: “Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, ou seja, que Deus em Cristo estava reconciliando consigo o mundo, não levando em conta os pecados dos homens, e nos confiou a mensagem da reconciliação.” 2 Coríntios 5:18-19

Recebemos a reconciliação ao crermos e aceitarmos o sacrifício de Cristo, mas mediante essa aceitação, devemos pregar a mensagem da reconciliação para outras pessoas, para que elas possam experimentar desta transformação que estamos experimentando. O evangelho nunca será individualista, ele sempre será para ser compartilhado com outras pessoas. Por isso, o termo evangelho significa boas notícias, porque notícias boas são para serem anunciadas, para serem proclamadas aos quatros cantos da terra e não enterrada em algum lugar.

Conclusão

Fomos reconciliados com Deus através do sacrifício de Cristo, agora temos paz com Deus, temos liberdade em chegar a sua presença, nosso relacionamento com Ele foi restaurado. Tudo isso é algo maravilhoso, mas não é o fim, a nossa reconciliação é para pregarmos a mensagem dEle a toda criatura. Na verdade, esse foi o seu último mandamento, pregar o evangelho a toda criatura. Nossa reconciliação é para levarmos outros a viver a mesma experiência que estamos vivendo. Como disse, o cristianismo não é individual, alguns pregadores vão até dizer que a salvação é individual, mas Jesus não irá voltar para buscar nem eu e nem você de forma individual, ele irá voltar para buscar a sua noiva, a sua igreja, ou seja, são um grupo de pessoas, é por isso, que é tão importante a proclamação da mensagem dEle, para que outras possam escutar e se tornarem como nós, sua noiva e igreja de Cristo.

Compartilhe este conteúdo em suas redes sócias:
Imagem padrão
Sérgio Luiz

Apaixonado por teologia e pela bíblia. Pós-graduado em Estudos Bíblicos do Novo Testamento pela universidade Unicesumar. Coordenador e professor da rede de ensino de sua igreja local.

Artigos: 126