Você conhece o seu Deus?

Então Paulo levantou-se na reunião do Areópago e disse: Atenienses! Vejo que em todos os aspectos vocês são muito religiosos, pois, andando pela cidade, observei cuidadosamente seus objetos de culto e encontrei até um altar com esta inscrição: AO DEUS DESCONHECIDO. Ora, o que vocês adoram, apesar de não conhecerem, eu lhes anuncio.
Atos 17:22-23

No texto acima, vemos que o apóstolo Paulo vai até o Areópago (local onde o conselho reuniam-se para algum julgamento) da cidade de Atenas, onde sempre vivia cheio de pessoas de todos os lugares. Paulo começa a questionar a religiosidade deles, de buscar adoração a todos os deuses, ao ponto até de levantar um altar para um deus desconhecido.

É sobre esse Deus que eles não conheciam que Paulo começa a pregar e explicar. O Deus que ele servia, o Deus que era o Todo-Poderoso e maior que todos os outros deuses, que não foi criado por mãos humanas, muito pelo contrário, Ele é o criador de toda humanidade. Um Deus que é relacional e acessível.

Muitos daqueles atenienses não conheciam esse Deus, conheciam somente aqueles que foram criados por mãos humanas, e para muitos era até difícil adorar um Deus que não se pode ver. Infelizmente, hoje em dia tem muitas pessoas assim, são religiosas e adoram há um Deus que não o conhece. Vejo muitas pessoas que conhecem a Deus como Jó conhecia, apenas de ouvir falar (Jó 42:5). Ou conhecem a Deus como Balaão, até profetiza em seu nome, mas não sabe discernir o certo e o errado, entre a vontade de Deus e a sua vontade (Números 22 a 25). Ou conhecem a Deus como Jonas, que pensa que pode sumir da sua presença (Jonas 1), esquece que um dos atributos de Deus é justamente a onipresença, que Ele está em todos os lugares ao mesmo tempo. São pessoas que não tem intimidade com Ele, não tem comunhão, não leem a Palavra e simplesmente querem romper na fé.

A Bíblia tem vários versículos que nos exorta a buscarmos conhecer a Deus:

“Conheçamos o Senhor; esforcemo-nos por conhecê-lo.” Oseias 6:3

“Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração.” Jeremias 29:13

“E lá procurarão o Senhor, o seu Deus, e o acharão, se o procurarem de todo o seu coração e de toda a sua alma.” Deuteronômio 4:29

“A teu respeito diz o meu coração: Busque a minha face! A tua face, Senhor, buscarei.” Salmos 27:8

Temos várias passagens que falam sobre buscarmos a Deus e quando buscarmos de todo o nosso coração, o encontraremos. O erro dos atenienses era saber que existia um Deus diferente de todos os outros, mas não buscaram conhecê-lo. Vamos continuar neste mesmo erro deles? Enquanto não mudarmos de postura e realmente buscá-lo de todo o coração, não teremos como experimentar desse Deus que possui um amor por nós tão maravilhoso.

Que os atenienses sirvam de exemplo para nós, que não importa a nossa religião, não importa quem somos, como somos conhecidos e nem como a nossa cidade é importante. O que de fato importa é, conhecemos a Deus, ou apenas ouvimos falar dele? Conhecemos a Deus em um nível de relacionamento, ou apenas o temos como um deus desconhecido. Esse Deus que para muitos é desconhecido, é o Deus Salvador, que muda a nossa história se o deixarmos, é esse Deus que se importa com você, mesmo sendo apenas mais uma vida nesse universo gigantesco. É o Deus que vale a pena conhecer e experimentar da sua graça, se você não o conhece e não experimentou do que Ele pode oferecer, este é o seu dia, apenas diga SIM ao seu chamado e ao seu senhorio.

Compartilhe este conteúdo em suas redes sócias:
Imagem padrão
Sérgio Luiz

Apaixonado por teologia e pela bíblia. Pós-graduado em Estudos Bíblicos do Novo Testamento pela universidade Unicesumar. Coordenador e professor da rede de ensino de sua igreja local.

Artigos: 126