O significado de aliança na Bíblia

Estabelecerei a minha aliança como aliança eterna entre mim e você e os seus futuros descendentes, para ser o seu Deus e o Deus dos seus descendentes.
Gênesis 17:7

Vemos em toda a Bíblia, tanto no Antigo Testamento quanto no Novo Testamento várias alianças que são feitas entre Deus e o seu povo, entre Jesus e sua igreja, entre duas pessoas, entre reis e até mesmo entre o marido e sua mulher. Mas, o que de fato significa uma aliança? No dicionário, aliança é um pacto ou tratado entre indivíduos, partidos, povos ou governos para determinada finalidade. Já na Bíblia uma aliança é um acordo solene entre duas pessoas. É um pouco como um contrato sagrado. Cumprir sua parte é uma questão de honra e muitas vezes se lançam maldições a quem quebra a aliança.

Precisamos entender que o relacionamento de Deus com o homem, é permeado por alianças. Se quisermos conhecer o plano e a natureza de Deus, precisamos conhecer suas alianças. Precisamos entender como e em que condições Ele faz uma aliança com alguém. Mas, primeiramente, precisamos entender que:

1° – Uma aliança é diferente de um contrato: O contrato pode ser quebrado ou cancelado em qualquer momento por qualquer das pessoas, basta apenas pagar a sua multa proposta. Já a aliança é um pacto que nunca poderá ser quebrado. Existe inclusive maldições que são ditas em caso de desobediência desse pacto.

2° – A Bíblia é um história de alianças: Uma aliança na Bíblia é simplesmente um conjunto de condições pelas quais Deus promete andar com seu povo. Ao estudarmos essas alianças, vamos obter um visão de águia, uma vista panorâmica de todo o plano de Deus. Assim veremos a Bíblia não como um coletânea de livros, mas como um plano unido e harmonioso que caminha para uma única consumação final.

3° – A Bíblia registra alianças não apenas entre Deus e o homem: Podemos dizer que a aliança de Deus com o seu povo é a mais importante da história da Bíblia, mas a própria Palavra de Deus vai registrar alianças entre homens comuns. Por exemplo: a Aliança entre diversos reis da Bíblia, um dos grandes reis que tiveram muitas alianças foi Salomão, inclusive até mesmo com reis que ele não deveria aliançar-se . Outra aliança citada na Bíblia é entre Davi e Jonatas de uma amizade que repassaria gerações. Ainda teve a aliança de Josué contra os gibeonitas que custou caro lá no reinado de Saul e Davi.

4° – Não devemos aliançar-se com povos pagãos: “Estabelecerei as suas fronteiras desde o mar Vermelho até o mar dos filisteus , e desde o deserto até o Eufrates . Entregarei em suas mãos os povos que vivem na terra, os quais vocês expulsarão de diante de vocês. Não façam aliança com eles nem com os seus deuses. Não deixem que esses povos morem na terra de vocês, senão eles os levarão a pecar contra mim, porque prestar culto aos deuses deles será uma armadilha para vocês.” Êxodo 23:31-33

Que fique claro em nossa mente a importância de uma aliança e de como devemos valorizá-las ao realizar em nossas vidas. Não somente a nossa aliança feita com Deus, mas com o nosso próximo e também com o nosso cônjuge. Nos próximos dias iremos falar sobre algumas alianças que Deus fez na história da humanidade, desde a Edênica até a Nova Aliança feita com a sua igreja.

Compartilhe este conteúdo em suas redes sócias:
Imagem padrão
Sérgio Luiz

Apaixonado por teologia e pela bíblia. Pós-graduado em Estudos Bíblicos do Novo Testamento pela universidade Unicesumar. Coordenador e professor da rede de ensino de sua igreja local.

Artigos: 126