O que é uma igreja saudável?

Até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.
Efésios 4:13

O apóstolo Paulo nos fala em diversas passagens que o objetivo de Cristo e o seu objetivo é que todos os cristãos alcancem um nível de maturidade cristã em Deus e que não sejam enganados e nem levados por erros doutrinários. Para isso, precisamos buscar melhorarmos como cristãos e ser de fato mais parecido com Cristo. Em nosso último artigo trouxemos sobre o que é uma igreja imatura e as suas características. Hoje, falaremos sobre o que é uma igreja saudável, ou uma igreja madura e suas características.

Uma igreja saudável é aquela que:

1 – Há união e comunhão entre os irmãos: “E consideremos uns aos outros para nos incentivarmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês veem que se aproxima o Dia.” Hebreus 10:24-25

Uma igreja saudável é aquela que se reuni frequentemente. Jesus não vai vir salvas pessoas individualmente, mas Ele vai vir salvar a sua igreja e não tem como ser igreja sem estar em um ajuntamento de pessoas com o mesmo propósito de adorar, glorificar e obedecer a Deus.

2 – Há santidade na vida dos irmãos: “Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: Sejam santos, porque eu sou santo.” 1 Pedro 1:15-16

O autor de Hebreus é claro ao dizer que sem santidade ninguém verá ao Senhor (Hebreus 12:14), por isso, uma das características de uma igreja saudável é a busca pela santificação.

3 – A disciplina bíblica é exercida: “Quando, porém, somos julgados pelo Senhor, estamos sendo disciplinados para que não sejamos condenados com o mundo.” 1 Coríntios 11:32

“Nenhuma disciplina parece ser motivo de alegria no momento, mas sim de tristeza. Mais tarde, porém, produz fruto de justiça e paz para aqueles que por ela foram exercitados.” Hebreus 12:11

Em nosso último artigo, falamos que a falta de disciplina é uma atitude de uma igreja imatura, então claramente, podemos dizer que a disciplina bíblica dentro da igreja é uma característica de uma igreja saudável. A disciplina é útil não apenas para a correção do pecador, mas para que outras pessoas tenham temor de praticar aquilo que é pecado. Sem uma disciplina, teremos crentes mimados que pensam que podem fazer aquilo que bem quiser, na hora que bem quiser. Precisamos de disciplina não apenas dentro das igrejas, mas em todas as áreas da sociedade, por exemplo, nas escolas, faculdades, nas empresas e etc. Sem a disciplina, o ser humano fica sem limites sobre o que é certo e o que é o errado.

4 – Têm discernimento para não criar ou resolver conflitos internos: “Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou.” Colossenses 3:13

“Não retribuam a ninguém mal por mal. Procurem fazer o que é correto aos olhos de todos. Façam todo o possível para viver em paz com todos.” Romanos 12:17-18

Uma das marcas de uma igreja saudável é quando todos da membresia procuram viver em paz um com o outro. Não temos que ser amigos de todos, mas termos paz com todos. O apóstolo Paulo nos ensina que um modo de vivermos em paz com todos é amar, suportar e perdoar os nossos irmãos. Com essas três atitudes, seguiremos a essência do cristianismo.

5 – Há a pregação da Palavra de Deus: “Consequentemente, a fé vem por se ouvir a mensagem, e a mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo.” Romanos 10:17

Não tem como ser uma igreja saudável longe da Palavra de Deus. É ela que ilumina o nosso caminho e nos ensina como agir em cada situação, ela é a nossa bússola orientadora, aquela que nos alinha nos caminhos de Deus. A Palavra de Deus precisa ser pregada em nossas igrejas, e não apenas pregada, mas ensinada da maneira correta e coerente.

6 – Têm um entendimento claro a respeito da conversão e do evangelismo: “Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos.” Mateus 28:19-20

Este foi o último mandamento de Jesus e precisamos obedecê-lo até a sua volta. Uma igreja saudável precisa entender que as pessoas precisam converter dos seus maus caminhos e voltarem para Deus, para isso, o evangelho precisa ser pregado de forma clara para todas as pessoas. Nós somos chamados a ser esse evangelista, não importa qual o dom que Deus te deu, o chamado para evangelizar são para todas as pessoas, não apenas para os líderes de igreja e pastores.

7 – Os dons são usados para edificação da igreja: “Assim acontece com vocês. Visto que estão ansiosos por terem dons espirituais, procurem crescer naqueles que trazem a edificação para a igreja. Portanto, que diremos, irmãos? Quando vocês se reúnem, cada um de vocês tem um salmo, ou uma palavra de instrução, uma revelação, uma palavra em uma língua ou uma interpretação. Tudo seja feito para a edificação da igreja.” 1 Coríntios 14:12,26

“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas.” 1 Pedro 4:10

Os dons espirituais são para a edificação da igreja e não para nós mesmos. Devemos buscar os dons de Deus para que a igreja seja edificada, e não para autopromoção. Precisamos entender que os dons vem de Deus e são para serem usados para a expansão do seu Reino. Se entendermos essas palavras, com certeza seremos uma igreja mais relevante em nossa geração.

Conclusão:

Essas sete características são apenas algumas que citei como exemplo de uma igreja saudável. Claro, que podemos ter mais características de uma igreja saudável. Mas, acredito que essas são as principais e que precisamos buscar encontrá-las em nós mesmos e em nossas comunidades locais.

Compartilhe este conteúdo em suas redes sócias:
Imagem padrão
Sérgio Luiz

Apaixonado por teologia e pela bíblia. Pós-graduado em Estudos Bíblicos do Novo Testamento pela universidade Unicesumar. Coordenador e professor da rede de ensino de sua igreja local.

Artigos: 126