Salmo do dia 30

Permita-me “atrapalhar” sua leitura apenas por alguns segundos: Eu gostaria de saber se você quer experimentar (por 1 mês) estudar a Bíblia capítulo por capítulo com o presbítero André Sanchez, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas profundas e com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE SIM, CLIQUE AQUI e veja como funciona

Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união!
É como óleo precioso derramado sobre a cabeça, que desce pela barba, a barba de Arão, até a gola das suas vestes.
É como o orvalho do Hermom quando desce sobre os montes de Sião. Ali o Senhor concede a bênção da vida para sempre.
Salmos 133:1-3

Salmo do dia 29

Permita-me “atrapalhar” sua leitura apenas por alguns segundos: Eu gostaria de saber se você quer experimentar (por 1 mês) estudar a Bíblia capítulo por capítulo com o presbítero André Sanchez, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas profundas e com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE SIM, CLIQUE AQUI e veja como funciona

Se o Senhor não estivesse do nosso lado; que Israel o repita:
Se o Senhor não estivesse do nosso lado quando os inimigos nos atacaram,
eles já nos teriam engolido vivos, quando se enfureceram contra nós;
as águas nos teriam arrastado e as torrentes nos teriam afogado;
sim, as águas violentas nos teriam afogado!
Bendito seja o Senhor, que não nos entregou para sermos dilacerados pelos dentes deles.
Como um pássaro escapamos da armadilha do caçador; a armadilha foi quebrada, e nós escapamos.
O nosso socorro está no nome do Senhor, que fez os céus e a terra.
Salmos 124:1-8

Salmo do dia 31

Permita-me “atrapalhar” sua leitura apenas por alguns segundos: Eu gostaria de saber se você quer experimentar (por 1 mês) estudar a Bíblia capítulo por capítulo com o presbítero André Sanchez, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas profundas e com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE SIM, CLIQUE AQUI e veja como funciona

Dêem graças ao Senhor, porque ele é bom. O seu amor dura para sempre!
Dêem graças ao Deus dos deuses. O seu amor dura para sempre!
Dêem graças ao Senhor dos senhores. O seu amor dura para sempre!
Ao único que faz grandes maravilhas, O seu amor dura para sempre!
que com habilidade fez os céus, O seu amor dura para sempre!
que estendeu a terra sobre as águas; O seu amor dura para sempre!
Àquele que fez os grandes luminares, O seu amor dura para sempre!
o sol para governar o dia, O seu amor dura para sempre!
a lua e as estrelas para governarem a noite; O seu amor dura para sempre!
Àquele que matou os primogênitos do Egito O seu amor dura para sempre!
e tirou Israel do meio deles O seu amor dura para sempre!
com mão poderosa e braço forte; O seu amor dura para sempre!
Àquele que dividiu o mar Vermelho O seu amor dura para sempre!
e fez Israel atravessá-lo, O seu amor dura para sempre!
mas lançou o faraó e o seu exército no mar Vermelho; O seu amor dura para sempre!
Àquele que conduziu seu povo pelo deserto, O seu amor dura para sempre!
que feriu grandes reis O seu amor dura para sempre!
e matou reis poderosos; O seu amor dura para sempre!
Seom, rei dos amorreus, O seu amor dura para sempre!
e Ogue, rei de Basã, O seu amor dura para sempre!
e deu a terra deles como herança, O seu amor dura para sempre!
como herança ao seu servo Israel; O seu amor dura para sempre!
Àquele que se lembrou de nós quando fomos humilhados O seu amor dura para sempre!
e nos livrou dos nossos adversários; O seu amor dura para sempre!
Àquele que dá alimento a todos os seres vivos. O seu amor dura para sempre!
Dêem graças ao Deus dos céus. O seu amor dura para sempre!
Salmos 136:1-26

Salmo do dia 28

Permita-me “atrapalhar” sua leitura apenas por alguns segundos: Eu gostaria de saber se você quer experimentar (por 1 mês) estudar a Bíblia capítulo por capítulo com o presbítero André Sanchez, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas profundas e com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE SIM, CLIQUE AQUI e veja como funciona

Como são felizes os que andam em caminhos irrepreensíveis, que vivem conforme a lei do Senhor!
Como são felizes os que obedecem aos seus estatutos e de todo o coração o buscam!
Não praticam o mal e andam nos caminhos do Senhor.
Tu mesmo ordenaste os teus preceitos para que sejam fielmente obedecidos.
Quem dera fossem firmados os meus caminhos na obediência aos teus decretos.
Então não ficaria decepcionado ao considerar todos os teus mandamentos.
Eu te louvarei de coração sincero quando aprender as tuas justas ordenanças.
Obedecerei aos teus decretos; nunca me abandones.
Como pode o jovem manter pura a sua conduta? Vivendo de acordo com a tua palavra.
Eu te busco de todo o coração; não permitas que eu me desvie dos teus mandamentos.
Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti.
Bendito sejas, Senhor! Ensina-me os teus decretos.
Com os lábios repito todas as leis que promulgaste.
Regozijo-me em seguir os teus testemunhos como o que se regozija com grandes riquezas.
Meditarei nos teus preceitos e darei atenção às tuas veredas.
Tenho prazer nos teus decretos; não me esqueço da tua palavra.
Trata com bondade o teu servo para que eu viva e obedeça à tua palavra.
Abre os meus olhos para que eu veja as maravilhas da tua lei.
Sou peregrino na terra; não escondas de mim os teus mandamentos.
A minha alma consome-se de perene desejo das tuas ordenanças.
Tu repreendes os arrogantes; malditos os que se desviam dos teus mandamentos!
Tira de mim a afronta e o desprezo, pois obedeço aos teus estatutos.
Mesmo que os poderosos se reúnam para conspirar contra mim, ainda assim o teu servo meditará nos teus decretos.
Sim, os teus testemunhos são o meu prazer; eles são os meus conselheiros.
Agora estou prostrado no pó; preserva a minha vida conforme a tua promessa.
A ti relatei os meus caminhos e tu me respondeste; ensina-me os teus decretos.
Faze-me discernir o propósito dos teus preceitos, então meditarei nas tuas maravilhas.
A minha alma se consome de tristeza; fortalece-me conforme a tua promessa.
Desvia-me dos caminhos enganosos; por tua graça, ensina-me a tua lei.
Escolhi o caminho da fidelidade; decidi seguir as tuas ordenanças.
Apego-me aos teus testemunhos, ó Senhor; não permitas que eu fique decepcionado.
Corro pelo caminho que os teus mandamentos apontam, pois me deste maior entendimento.
Ensina-me, Senhor, o caminho dos teus decretos, e a eles obedecerei até o fim.
Dá-me entendimento, para que eu guarde a tua lei e a ela obedeça de todo o coração.
Dirige-me pelo caminho dos teus mandamentos, pois nele encontro satisfação.
Inclina o meu coração para os teus estatutos, e não para a ganância.
Desvia os meus olhos das coisas inúteis; faze-me viver nos caminhos que traçaste.
Cumpre a tua promessa para com o teu servo, para que sejas temido.
Livra-me da afronta que me apavora, pois as tuas ordenanças são boas.
Como anseio pelos teus preceitos! Preserva a minha vida por tua justiça!
Que o teu amor alcance-me, Senhor, e a tua salvação, segundo a tua promessa;
então responderei aos que me afrontam, pois confio na tua palavra.
Jamais tires da minha boca a palavra da verdade, pois nas tuas ordenanças coloquei a minha esperança.
Obedecerei constantemente à tua lei, para todo o sempre.
Andarei em verdadeira liberdade, pois tenho buscado os teus preceitos.
Falarei dos teus testemunhos diante de reis, sem ser envergonhado.
Tenho prazer nos teus mandamentos; eu os amo.
A ti levanto minhas mãos e medito nos teus decretos.
Lembra-te da tua palavra ao teu servo, pela qual me deste esperança.
Este é o meu consolo no meu sofrimento: A tua promessa dá-me vida.
Os arrogantes zombam de mim o tempo todo, mas eu não me desvio da tua lei.
Lembro-me, Senhor, das tuas ordenanças do passado e nelas acho consolo.
Fui tomado de ira tremenda por causa dos ímpios que rejeitaram a tua lei.
Os teus decretos são o tema da minha canção em minha peregrinação.
De noite lembro-me do teu nome, Senhor! Vou obedecer à tua lei.
Esta tem sido a minha prática: Obedecer aos teus preceitos.
Tu és a minha herança, Senhor; prometi obedecer às tuas palavras.
De todo o coração suplico a tua graça; tem misericórdia de mim, conforme a tua promessa.
Refleti em meus caminhos e voltei os meus passos para os teus testemunhos.
Eu me apressarei e não hesitarei em obedecer aos teus mandamentos.
Embora as cordas dos ímpios queiram prender-me, eu não me esqueço da tua lei.
À meia-noite me levanto para dar-te graças pelas tuas justas ordenanças.
Sou amigo de todos os que te temem e obedecem aos teus preceitos.
A terra está cheia do teu amor, Senhor; ensina-me os teus decretos.
Trata com bondade o teu servo, Senhor, conforme a tua promessa.
Ensina-me o bom senso e o conhecimento, pois confio em teus mandamentos.
Antes de ser castigado, eu andava desviado, mas agora obedeço à tua palavra.
Tu és bom, e o que fazes é bom; ensina-me os teus decretos.
Os arrogantes mancharam o meu nome com mentiras, mas eu obedeço aos teus preceitos de todo o coração.
O coração deles é insensível, eu, porém, tenho prazer na tua lei.
Foi bom para mim ter sido castigado, para que aprendesse os teus decretos.
Para mim vale mais a lei que decretaste do que milhares de peças de prata e ouro.
As tuas mãos me fizeram e me formaram; dá-me entendimento para aprender os teus mandamentos.
Quando os que têm temor de ti me virem, se alegrarão, pois na tua palavra coloquei a minha esperança.
Sei, Senhor, que as tuas ordenanças são justas, e que por tua fidelidade me castigaste.
Seja o teu amor o meu consolo, conforme a tua promessa ao teu servo.
Alcance-me a tua misericórdia para que eu tenha vida, porque a tua lei é o meu prazer.
Sejam humilhados os arrogantes, pois prejudicaram-me sem motivo; mas eu meditarei nos teus preceitos.
Venham apoiar-me aqueles que te temem, aqueles que entendem os teus estatutos.
Seja o meu coração íntegro para com os teus decretos, para que eu não seja humilhado.
Estou quase desfalecido, aguardando a tua salvação, mas na tua palavra coloquei a esperança.
Os meus olhos fraquejam de tanto esperar pela tua promessa, e pergunto: “Quando me consolarás? ”
Embora eu seja como uma vasilha inútil, não me esqueço dos teus decretos.
Até quando o teu servo deverá esperar para que castigues os meus perseguidores?
Cavaram uma armadilha contra mim os arrogantes, os que não seguem a tua lei.
Todos os teus mandamentos merecem confiança; ajuda-me, pois sou perseguido com mentiras.
Quase acabaram com a minha vida na terra, mas não abandonei os teus preceitos.
Preserva a minha vida pelo teu amor, e obedecerei aos estatutos que decretaste.
A tua palavra, Senhor, para sempre está firmada nos céus.
A tua fidelidade é constante por todas as gerações; estabeleceste a terra, que firme subsiste.
Conforme as tuas ordens, tudo permanece até hoje, pois não há nada que não esteja a teu serviço.
Se a tua lei não fosse o meu prazer, o sofrimento já me teria destruído.
Jamais me esquecerei dos teus preceitos, pois é por meio deles que preservas a minha vida.
Salva-me, pois a ti pertenço e busco os teus preceitos!
Os ímpios estão à espera para destruir-me, mas eu considero os teus testemunhos.
Tenho constatado que toda perfeição tem limite; mas não há limite para o teu mandamento.
Como eu amo a tua lei! Medito nela o dia inteiro.
Os teus mandamentos me tornam mais sábio que os meus inimigos, porquanto estão sempre comigo.
Tenho mais discernimento que todos os meus mestres, pois medito nos teus testemunhos.
Tenho mais entendimento que os anciãos, pois obedeço aos teus preceitos.
Afasto os pés de todo caminho mau para obedecer à tua palavra.
Não me afasto das tuas ordenanças, pois tu mesmo me ensinas.
Como são doces para o meu paladar as tuas palavras! Mais do que o mel para a minha boca!
Ganho entendimento por meio dos teus preceitos; por isso odeio todo caminho de falsidade.
A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho.
Prometi sob juramento e o cumprirei: vou obedecer às tuas justas ordenanças.
Passei por muito sofrimento; preserva, Senhor, a minha vida, conforme a tua promessa.
Aceita, Senhor, a minha oferta de louvor dos meus lábios, e ensina-me as tuas ordenanças.
A minha vida está sempre em perigo, mas não me esqueço da tua lei.
Os ímpios prepararam uma armadilha contra mim, mas não me desviei dos teus preceitos.
Os teus testemunhos são a minha herança permanente; são a alegria do meu coração.
Dispus o meu coração para cumprir os teus decretos até o fim.
Odeio os que são inconstantes, mas amo a tua lei.
Tu és o meu abrigo e o meu escudo; e na tua palavra coloquei a minha esperança.
Afastem-se de mim os que praticam o mal! Quero obedecer aos mandamentos do meu Deus!
Sustenta-me, segundo a tua promessa, e eu viverei; não permitas que se frustrem as minhas esperanças.
Ampara-me, e estarei seguro; sempre estarei atento aos teus decretos.
Tu rejeitas todos os que se desviam dos teus decretos, pois os seus planos enganosos são inúteis.
Tu destróis como refugo todos os ímpios da terra; por isso amo os teus testemunhos.
O meu corpo estremece diante de ti; as tuas ordenanças enchem-me de temor.
Tenho vivido com justiça e retidão; não me abandones nas mãos dos meus opressores.
Garante o bem-estar do teu servo; não permitas que os arrogantes me oprimam.
Os meus olhos fraquejam, aguardando a tua salvação e o cumprimento da tua justiça.
Trata o teu servo conforme o teu amor leal e ensina-me os teus decretos.
Sou teu servo; dá-me discernimento para compreender os teus testemunhos.
Já é tempo de agires, Senhor, pois a tua lei está sendo desrespeitada.
Eu amo os teus mandamentos mais do que o ouro, mais do que o ouro puro.
Por isso considero justos os teus preceitos e odeio todo caminho de falsidade.
Os teus testemunhos são maravilhosos; por isso lhes obedeço.
A explicação das tuas palavras ilumina e dá discernimento aos inexperientes.
Abro a boca e suspiro, ansiando por teus mandamentos.
Volta-te para mim e tem misericórdia de mim, como sempre fazes aos que amam o teu nome.
Dirige os meus passos, conforme a tua palavra; não permitas que nenhum pecado me domine.
Resgata-me da opressão dos homens, para que eu obedeça aos teus preceitos.
Faze o teu rosto resplandecer sobre o teu servo, e ensina-me os teus decretos.
Rios de lágrimas correm dos meus olhos, porque a tua lei não é obedecida.
Justo és, Senhor, e retas são as tuas ordenanças.
Ordenaste os teus testemunhos com justiça; dignos são de inteira confiança!
O meu zelo me consome, pois os meus adversários se esquecem das tuas palavras.
A tua promessa foi plenamente comprovada, e, por isso, o teu servo a ama.
Sou pequeno e desprezado, mas não esqueço os teus preceitos.
A tua justiça é eterna, e a tua lei é a verdade.
Tribulação e angústia me atingiram, mas os teus mandamentos são o meu prazer.
Os teus testemunhos são eternamente justos, dá-me discernimento para que eu tenha vida.
Eu clamo de todo o coração; responde-me, Senhor, e obedecerei aos teus testemunhos!
Clamo a ti; salva-me, e obedecerei aos teus estatutos!
Antes do amanhecer me levanto e suplico o teu socorro; na tua palavra coloquei a minha esperança.
Fico acordado nas vigílias da noite, para meditar nas tuas promessas.
Ouve a minha voz pelo teu amor leal; faze-me viver, Senhor, conforme as tuas ordenanças.
Os meus perseguidores aproximam-se com más intenções; mas estão distantes da tua lei.
Tu, porém, Senhor, estás perto e todos os teus mandamentos são verdadeiros.
Há muito aprendi dos teus testemunhos que os estabeleceste para sempre.
Olha para o meu sofrimento e livra-me, pois não me esqueço da tua lei.
Defende a minha causa e resgata-me; preserva a minha vida conforme a tua promessa.
A salvação está longe dos ímpios, pois eles não buscam os teus decretos.
Grande é a tua compaixão, Senhor; preserva a minha vida conforme as tuas leis.
Muitos são os meus adversários e os meus perseguidores, mas eu não me desvio dos teus estatutos.
Com grande desgosto vejo os infiéis, que não obedecem à tua palavra.
Vê como amo os teus preceitos! Dá-me vida, segundo o teu amor leal.
A verdade é a essência da tua palavra, e todas as tuas justas ordenanças são eternas.
Os poderosos perseguem-me sem motivo, mas é diante da tua palavra que o meu coração treme.
Eu me regozijo na tua promessa como alguém que encontra grandes despojos.
Odeio e detesto a falsidade, mas amo a tua lei.
Sete vezes por dia eu te louvo por causa das tuas justas ordenanças.
Os que amam a tua lei desfrutam paz, e nada há que os faça tropeçar.
Aguardo a tua salvação, Senhor, e pratico os teus mandamentos.
Obedeço aos teus testemunhos; amo-os infinitamente!
Obedeço a todos os teus preceitos e testemunhos, pois conheces todos os meus caminhos.
Chegue à tua presença o meu clamor, Senhor! Dá-me entendimento conforme a tua palavra.
Chegue a ti a minha súplica. Livra-me, conforme a tua promessa.
Meus lábios transbordarão de louvor, pois me ensinas os teus decretos.
A minha língua cantará a tua palavra, pois todos os teus mandamentos são justos.
Com tua mão vem ajudar-me, pois escolhi os teus preceitos.
Anseio pela tua salvação, Senhor, e a tua lei é o meu prazer.
Permite-me viver para que eu te louve; e que as tuas ordenanças me sustentem.
Andei vagando como ovelha perdida; vem em busca do teu servo, pois não me esqueci dos teus mandamentos.
Salmos 119:1-176

Salmo do dia 24

Permita-me “atrapalhar” sua leitura apenas por alguns segundos: Eu gostaria de saber se você quer experimentar (por 1 mês) estudar a Bíblia capítulo por capítulo com o presbítero André Sanchez, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas profundas e com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE SIM, CLIQUE AQUI e veja como funciona

Venham! Cantemos ao Senhor com alegria! Aclamemos a Rocha da nossa salvação.
Vamos à presença dele com ações de graças; vamos aclamá-lo com cânticos de louvor.
Pois o Senhor é o grande Deus, o grande Rei acima de todos os deuses.
Nas suas mãos estão as profundezas da terra, os cumes dos montes lhe pertencem.
Dele também é o mar, pois ele o fez; as suas mãos formaram a terra seca.
Venham! Adoremos prostrados e ajoelhemos diante do Senhor, o nosso Criador;
pois ele é o nosso Deus, e nós somos o povo do seu pastoreio, o rebanho que ele conduz. Hoje, se vocês ouvirem a sua voz,
não endureçam o coração, como em Meribá, como aquele dia em Massá, no deserto,
onde os seus antepassados me tentaram, pondo-me à prova, apesar de terem visto o que eu fiz.
Durante quarenta anos fiquei irado contra aquela geração e disse: “Eles são um povo de coração ingrato; não reconheceram os meus caminhos”.
Por isso jurei na minha ira: “Jamais entrarão no meu descanso”.
Salmos 95:1-11

Salmo do dia 21

Permita-me “atrapalhar” sua leitura apenas por alguns segundos: Eu gostaria de saber se você quer experimentar (por 1 mês) estudar a Bíblia capítulo por capítulo com o presbítero André Sanchez, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas profundas e com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE SIM, CLIQUE AQUI e veja como funciona

Aleluia! Como é bom cantar louvores ao nosso Deus! Como é agradável e próprio louvá-lo!
2 O Senhor edifica Jerusalém; ele reúne os exilados de Israel.
3 Só ele cura os de coração quebrantado e cuida das suas feridas.
4 Ele determina o número de estrelas e chama cada uma pelo nome.
5 Grande é o nosso Soberano e tremendo é o seu poder; é impossível medir o seu entendimento.
6 O Senhor sustém o oprimido, mas lança por terra o ímpio.
7 Cantem ao Senhor com ações de graças; ao som da harpa façam música para o nosso Deus.
8 Ele cobre o céu de nuvens, concede chuvas à terra e faz crescer a relva nas colinas.
9 Ele dá alimento aos animais, e aos filhotes dos corvos quando gritam de fome.
10 Não é a força do cavalo que lhe dá satisfação, nem é a agilidade do homem que lhe agrada;
11 o Senhor se agrada dos que o temem, dos que colocam a esperança no seu amor leal.
12 Exalte ao Senhor, ó Jerusalém! Louve o seu Deus, ó Sião,
13 pois ele reforçou as trancas de suas portas e abençoou o seu povo, que lá habita.
14 É ele que mantém as suas fronteiras em segurança e que a supre do melhor do trigo.
15 Ele envia sua ordem à terra, e sua palavra corre veloz.
16 Faz cair a neve como lã, e espalha a geada como cinza.
17 Faz cair o gelo como se fosse pedra. Quem pode suportar o seu frio?
18 Ele envia a sua palavra, e o gelo derrete; envia o seu sopro, e as águas tornam a correr.
19 Ele revela a sua palavra a Jacó, os seus decretos e ordenanças a Israel.
20 Ele não fez isso a nenhuma outra nação; todas as outras desconhecem as suas ordenanças. Aleluia!

Salmo do dia 27

Permita-me “atrapalhar” sua leitura apenas por alguns segundos: Eu gostaria de saber se você quer experimentar (por 1 mês) estudar a Bíblia capítulo por capítulo com o presbítero André Sanchez, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas profundas e com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE SIM, CLIQUE AQUI e veja como funciona

Meu coração está firme, ó Deus! Cantarei e louvarei, ó Glória minha!
Acordem, harpa e lira! Despertarei a alvorada.
Eu te darei graças, ó Senhor, entre os povos; cantarei louvores entre as nações,
porque o teu amor leal se eleva muito acima dos céus; a tua fidelidade alcança as nuvens!
Exalta-te, ó Deus, acima dos céus; estenda-se a tua glória sobre toda a terra!
Salva-nos com a tua mão direita e responde-nos, para que sejam libertos aqueles a quem amas.
Do seu santuário Deus falou: “No meu triunfo dividirei Siquém e repartirei o vale de Sucote.
Gileade me pertence, e Manassés também; Efraim é o meu capacete, Judá é o meu cetro.
Moabe é a pia em que me lavo, em Edom atiro a minha sandália, sobre a Filístia dou meu brado de vitória! ”
Quem me levará à cidade fortificada? Quem me guiará a Edom?
Não foste tu, ó Deus, que nos rejeitaste e deixaste de sair com os nossos exércitos?
Dá-nos ajuda contra os adversários, pois inútil é o socorro do homem.
Com Deus conquistaremos a vitória, e ele pisará os nossos adversários.
Salmos 108:1-13

Salmo do dia 25

Permita-me “atrapalhar” sua leitura apenas por alguns segundos: Eu gostaria de saber se você quer experimentar (por 1 mês) estudar a Bíblia capítulo por capítulo com o presbítero André Sanchez, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas profundas e com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE SIM, CLIQUE AQUI e veja como funciona

Aclamem o Senhor todos os habitantes da terra!
Prestem culto ao Senhor com alegria; entrem na sua presença com cânticos alegres.
Reconheçam que ele é o nosso Deus. Ele nos fez e somos dele: somos o seu povo, e rebanho do seu pastoreio.
Entrem por suas portas com ações de graças, e em seus átrios, com louvor; dêem-lhe graças e bendigam o seu nome.
Pois o Senhor é bom e o seu amor leal é eterno; a sua fidelidade permanece por todas as gerações.
Salmos 100:1-5

Salmo do dia 26

Permita-me “atrapalhar” sua leitura apenas por alguns segundos: Eu gostaria de saber se você quer experimentar (por 1 mês) estudar a Bíblia capítulo por capítulo com o presbítero André Sanchez, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas profundas e com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE SIM, CLIQUE AQUI e veja como funciona
Dêem graças ao Senhor, proclamem o seu nome; divulguem os seus feitos entre as nações.
Cantem para ele e louvem-no; relatem todas as suas maravilhas.
Gloriem-se no seu santo nome; alegre-se o coração dos que buscam o Senhor.
Recorram ao Senhor e ao seu poder; busquem sempre a sua presença.
Lembrem-se das maravilhas que ele fez, dos seus prodígios e das sentenças de juízo que pronunciou,
ó descendentes de Abraão, seu servo, ó filhos de Jacó, seus escolhidos.
Ele é o Senhor, o nosso Deus; seus decretos são para toda a terra.
Ele se lembra para sempre da sua aliança, por mil gerações, da palavra que ordenou,
da aliança que fez com Abraão, do juramento que fez a Isaque.
Ele o confirmou como decreto a Jacó, a Israel como aliança eterna, quando disse:
“Darei a você a terra de Canaã, a herança que lhe pertence”.
Quando ainda eram poucos, um punhado de peregrinos na terra,
e vagueavam de nação em nação, de um reino a outro,
ele não permitiu que ninguém os oprimisse, mas a favor deles repreendeu reis, dizendo:
“Não toquem nos meus ungidos; não maltratem os meus profetas”.
Ele mandou vir fome sobre a terra e destruiu todo o seu sustento;
mas enviou um homem adiante deles, José, que foi vendido como escravo.
Machucaram-lhe os pés com correntes e com ferros prenderam-lhe o pescoço,
até cumprir-se a sua predição, e a palavra do Senhor confirmar o que dissera.
O rei mandou soltá-lo, o governante dos povos o libertou.
Ele o constituiu senhor de seu palácio e administrador de todos os seus bens,
para instruir os seus oficiais como desejasse e ensinar a sabedoria às autoridades do rei.
Então Israel foi para o Egito, Jacó viveu como estrangeiro na terra de Cam.
Deus fez proliferar o seu povo, tornou-o mais poderoso do que os seus adversários,
e mudou o coração deles para que odiassem o seu povo, para que tramassem contra os seus servos.
Então enviou seu servo Moisés, e Arão, a quem tinha escolhido,
por meio dos quais realizou os seus sinais miraculosos e as suas maravilhas na terra de Cam.
Ele enviou trevas, e houve trevas, e eles não se rebelaram contra as suas palavras.
Ele transformou as águas deles em sangue, causando a morte dos seus peixes.
A terra deles ficou infestada de rãs, até mesmo os aposentos reais.
Ele ordenou, e enxames de moscas e piolhos invadiram o território deles.
Deu-lhes granizo, em vez de chuva, e raios flamejantes por toda a terra deles;
arrasou as suas videiras e figueiras e destruiu as árvores do seu território.
Ordenou, e vieram enxames de gafanhotos, gafanhotos inumeráveis,
e devoraram toda a vegetação daquela terra, e consumiram tudo o que a lavoura produziu.
Depois matou todos os primogênitos da terra deles, todas as primícias da virilidade deles.
Ele tirou de lá Israel, que saiu cheio de prata e ouro. Não havia em suas tribos quem fraquejasse.
Os egípcios alegraram-se quando eles saíram, pois estavam com verdadeiro pavor dos israelitas.
Ele estendeu uma nuvem para lhes dar sombra, e fogo para iluminar a noite.
Pediram, e ele enviou codornizes, e saciou-os com pão do céu.
Ele fendeu a rocha, e jorrou água, que escorreu como um rio pelo deserto.
Pois ele se lembrou da santa promessa que fizera ao seu servo Abraão.
Fez sair cheio de júbilo o seu povo, e os seus escolhidos, com cânticos alegres.
Deu-lhes as terras das nações, e eles tomaram posse do fruto do trabalho de outros povos,
para que obedecessem aos seus decretos e guardassem as suas leis. Aleluia!
Salmos 105:1-45

Salmo do dia 23

Permita-me “atrapalhar” sua leitura apenas por alguns segundos: Eu gostaria de saber se você quer experimentar (por 1 mês) estudar a Bíblia capítulo por capítulo com o presbítero André Sanchez, aí no conforto do seu lar, em vídeo-aulas profundas e com linguagem simples, de seu computador, tablet ou celular? SE SIM, CLIQUE AQUI e veja como funciona

Senhor, tu és o nosso refúgio, sempre, de geração em geração.
Antes de nascerem os montes e de criares a terra e o mundo, de eternidade a eternidade tu és Deus.
Fazes os homens voltarem ao pó, dizendo: “Retornem ao pó, seres humanos! ”
De fato, mil anos para ti são como o dia de ontem que passou, como as horas da noite.
Como uma correnteza, tu arrastas os homens; são breves como o sono; são como a relva que brota ao amanhecer;
germina e brota pela manhã, mas, à tarde, murcha e seca.
Somos consumidos pela tua ira e aterrorizados pelo teu furor.
Conheces as nossas iniqüidades; não escapam os nossos pecados secretos à luz da tua presença.
Todos os nossos dias passam debaixo do teu furor; vão-se como um murmúrio.
Os anos de nossa vida chegam a setenta, ou a oitenta para os que têm mais vigor; entretanto, são anos difíceis e cheios de sofrimento, pois a vida passa depressa, e nós voamos!
Quem conhece o poder da tua ira? Pois o teu furor é tão grande como o temor que te é devido.
Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria.
Volta-te, Senhor! Até quando será assim? Tem compaixão dos teus servos!
Satisfaze-nos pela manhã com o teu amor leal, e todos os nossos dias cantaremos felizes.
Dá-nos alegria pelo tempo que nos afligiste, pelos anos em que tanto sofremos.
Sejam manifestos os teus feitos aos teus servos, e aos filhos deles o teu esplendor!
Esteja sobre nós a bondade do nosso Deus Soberano. Consolida, para nós, a obra de nossas mãos; consolida a obra de nossas mãos!
Salmos 90:1-17