Aliança Noética

Então disse Deus a Noé e a seus filhos, que estavam com ele: “Vou estabelecer a minha aliança com vocês e com os seus futuros descendentes, e com todo ser vivo que está com vocês: as aves, os rebanhos domésticos e os animais selvagens, todos os que saíram da arca com vocês, todos os seres vivos da terra. Estabeleço uma aliança com vocês: Nunca mais será ceifada nenhuma forma de vida pelas águas de um dilúvio; nunca mais haverá dilúvio para destruir a terra”. E Deus prosseguiu: “Este é o sinal da aliança que estou fazendo entre mim e vocês e com todos os seres vivos que estão com vocês, para todas as gerações futuras: o meu arco que coloquei nas nuvens. Será o sinal da minha aliança com a terra. Quando eu trouxer nuvens sobre a terra e nelas aparecer o arco, então me lembrarei da minha aliança com vocês e com os seres vivos de todas as espécies. Nunca mais as águas se tornarão um dilúvio para destruir toda forma de vida . Toda vez que o arco-íris estiver nas nuvens, olharei para ele e me lembrarei da aliança eterna entre Deus e todos os seres vivos de todas as espécies que vivem na terra”. Concluindo, disse Deus a Noé: “Esse é o sinal da aliança que estabeleci entre mim e toda forma de vida que há sobre a terra”.
Gênesis 9:8-17

A terceira aliança que iremos estudar é a aliança Noética, que retrata a promessa que Deus fez a Noé e seus descendentes depois do dilúvio que destruiu o mundo. A Aliança de Noé tem várias características distintivas. Primeiro, é uma aliança incondicional. Em segundo lugar, foi feita para Noé e todos os seus descendentes, bem como “toda a alma vivente” e a terra em geral. Terceiro, foi selada com um sinal, o arco de Deus.

Antes de falar mais desta aliança, quero enfatizar que esse arco nos céus depois de uma chuva, não é chamado pela Bíblia de arco-íris, na verdade somente a versão NVI da Bíblia utiliza este termo de forma errada. Todas as outras versões da Bíblia utiliza o termo Arco de Deus. O nome Íris veio para homenagear uma deusa grega, dessa forma, quando era dito arco-íris estavam querendo dizer que o arco era dessa deusa grega. Mas, sabemos que o arco não pertencem a deuses criados por mãos humanas, mas somente aquele que criou a humanidade.

Voltando ao significado da aliança, ela é incondicional porque não depende de nada que Noé ou seus descendentes tenham que fazer para cumprir a aliança. A promessa é baseada somente na fidelidade de Deus. Por causa da fidelidade de Deus em sempre fazer o que Ele diz que fará, podemos saber hoje com certeza que nunca haverá outro dilúvio mundial como houve nos dias de Noé, não importa o quão perversa a humanidade se torne. Nem a maldade nem a retidão da humanidade afetam essa aliança incondicional.

Inclusive o apóstolo Pedro vai dizer em sua segunda carta que no dia do juízo de Deus, a terra será destruída pelo fogo: “E pela água o mundo daquele tempo foi submerso e destruído. Pela mesma palavra os céus e a terra que agora existem estão reservados para o fogo, guardados para o dia do juízo e para a destruição dos ímpios. Visto que tudo será assim desfeito, que tipo de pessoas é necessário que vocês sejam? Vivam de maneira santa e piedosa, esperando o dia de Deus e apressando a sua vinda . Naquele dia os céus serão desfeitos pelo fogo, e os elementos se derreterão pelo calor.” 2 Pedro 3:6-7,11-12

Que ao olhar para o arco de Deus, aquele arco todo colorido nos céus e entre as nuvens, possamos nos lembrar da sua bondade e fidelidade, não apenas para com Noé e sua família, mas para com todos os seus filhos. Que nos lembremos que Ele é um Deus fiel, que cumpre a sua aliança com o seu povo e que aquele arco não é apenas um sinal bonito no céu, mas um sinal da sua graça e misericórdia para conosco.

Compartilhe este conteúdo em suas redes sócias:
Imagem padrão
Sérgio Luiz

Apaixonado por teologia e pela bíblia. Pós-graduado em Estudos Bíblicos do Novo Testamento pela universidade Unicesumar. Coordenador e professor da rede de ensino de sua igreja local.

Artigos: 126