5° Mandamento – Honra teu pai e tua mãe

Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor, o teu Deus, te dá.
Êxodo 20:12

Se os quatros primeiros mandamentos refere-se ao nosso relacionamento com Deus, o quinto mandamento e os seguintes, refere-se ao nosso relacionamento com o nosso próximo.

O significado do quinto mandamento:

O quinto mandamento exige a conservação da honra e o desempenho dos deveres pertencentes a cada um, em suas diferentes condições e relações, como superiores, inferiores ou iguais. Dessa forma, ele exige que amemos e honremos nosso pai e nossa mãe, submetendo-nos a sua piedosa disciplina e direção.

Este mandamento se justifica pelo fato de que são os pais que dão a vida e transmitem o conhecimento de Deus para os filhos. Em certa medida, eles são a figura da presença divina na vida do indivíduo.

Hoje, temos muitas pessoas que não honram seus pais, que não lhe prestam respeito. Pessoas ricas que tem pais pobres. Pessoas ricas que deixam os pais no asilo. O apóstolo Paulo disse que a desobediência e desrespeitos aos pais seria uma características dos últimos dias: “Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se desses também.” 2 Timóteo 3:1-5
O apóstolo não disse que somente seriam desobedientes aos pais, mas ingratos. Pessoas que não valorizam seus pais, são ingratas, pois os pais moldam o nosso futuro, se chegamos aonde estamos hoje, foi por nossos pais. Paulo também disse que são pessoas sem amor pela família, são egoístas e só pensam nelas, não se importam com mais nada além do seu sucesso.

O apóstolo Paulo em outro texto diz que pessoas imorais, idolatras e impiedosas também são desobedientes aos pais: “Além do mais, visto que desprezaram o conhecimento de Deus, ele os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem o que não deviam. Tornaram-se cheios de toda sorte de injustiça, maldade, ganância e depravação. Estão cheios de inveja, homicídio, rivalidades, engano e malícia. São bisbilhoteiros, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, arrogantes e presunçosos; inventam maneiras de praticar o mal; desobedecem a seus pais; são insensatos, desleais, sem amor pela família, implacáveis. Embora conheçam o justo decreto de Deus, de que as pessoas que praticam tais coisas merecem a morte, não somente continuam a praticá-las, mas também aprovam aqueles que as praticam.” Romanos 1:28-32

Existe uma importância muito grande em honrar e obedecer aos nossos pais, não só pelo fato de ser o primeiro mandamento com promessa. Mas, por ter um coração grato, afinal foram eles os nossos criadores, eles que deram a vida por nós. Por mais, que muitas vezes não puderam dar a vida que queríamos, podemos ter certeza, que os pais verdadeiros, fizeram o melhor que podiam por nós.

As proibições do quinto mandamento:

O quinto mandamento proíbe negligenciarmos ou fazermos alguma coisa contra a honra e dever que pertencem a cada um em suas diferentes condições e relações.

O que Jesus disse sobre esse mandamento?

E disse-lhes: Vocês estão sempre encontrando uma boa maneira de pôr de lado os mandamentos de Deus, a fim de obedecerem às suas tradições! Pois Moisés disse: Honra teu pai e tua mãe e quem amaldiçoar seu pai ou sua mãe terá que ser executado. Mas vocês afirmam que, se alguém disser a seu pai ou a sua mãe: Qualquer ajuda que vocês poderiam receber de mim é Corbã, isto é, uma oferta dedicada a Deus, vocês o desobrigam de qualquer dever para com seu pai ou sua mãe. Assim vocês anulam a palavra de Deus, por meio da tradição que vocês mesmos transmitiram. E fazem muitas coisas como essa.
Marcos 7:9-13

Jesus nesse texto está combatendo os religiosos que criaram uma tradição chamada corbã, que é uma oferta dedicada a Deus, num templo religioso, definida como algo a ser usado nesse templo, sendo que sua devolução, após doação, não pode ser efetuada. Ou seja, os religiosos estavam utilizando do “jeitinho brasileiro” para não ter que ajudar seus pais. A partir do momento que eles entregavam uma oferta ao templo, eles afirmavam que não poderiam ajudar seus pais, porque a ajuda deles já foi dada como oferta (corbã) e agora nada sobraria para os pais. Jesus disse para esse tipo de pessoa, que eles estavam anulando a palavra de Deus por meio de tradição criada por homens.

Conclusão:

Não sei como é o relacionamento com os seus pais, não sei nem ao menos se eles são presentes em sua vida. O que posso dizer é o que a Bíblia diz, e ela nos ensinar a honrá-los, sejam quem for eles. Talvez você pode até pensar que seus pais não foram bons pais e nem ao menos foram presentes. Mesmo assim, eles foram responsáveis para moldar o seu caráter até aqui. Se você teve pais exemplares, irá ser um pai ou uma mãe exemplar, pois teve exemplos a seguir. Agora se seus pais não foram exemplos de bons pais, você também tem um exemplo de como não ser, e poderá ser um pai ou uma mãe muito melhor para os seus filhos. Seja qual exemplos seus pais te deixaram, o melhor a fazer é sempre amá-los e honrá-los, não somente para obedecermos ao mandamento do Senhor, e termos a recompensa da vida prolongada, mas principalmente pelo fato de ser a Vontade de Deus para as nossas vidas.

Compartilhe este conteúdo em suas redes sócias:
Imagem padrão
Sérgio Luiz

Apaixonado por teologia e pela bíblia. Pós-graduado em Estudos Bíblicos do Novo Testamento pela universidade Unicesumar. Coordenador e professor da rede de ensino de sua igreja local.

Artigos: 126